O Mercado Ilegal de Defensivos Agrícolas no Brasil

0
973

Este trabalho é sequência do estudo realizado pelo IDESF “O Contrabando de
Defensivos Agrícolas no Brasil” (IDESF, 2019). A publicação apresentou pesquisa realizada a partir de fontes brasileiras e de países do entorno, descortinando o modus
operandi e as rotas mais expressivas do mercado ilegal de defensivos agrícolas introduzidos no Brasil.

A equipe do IDESF foi novamente a campo para investigar as alterações nesse mercado ilegal, que só cresceu nos últimos anos, apesar das barreiras montadas nas fronteiras em virtude da pandemia de Covid-19. Nesta atualização, foi possível averiguar que a entrada dos agroquímicos contrabandeados no Brasil se ampliou, não somente na quantidade, mas também na diversificação
dos produtos introduzidos ilegalmente
no país.

Com a continuidade do diagnóstico, foi possível mapear as rotas utilizadas pelos criminosos para circular os defensivos em território nacional. O georreferenciamento desse mercado ilegal faz parte de um projeto inédito do IDESF, por meio de uma plataforma de dados alimentada, continuamente, com informações das ações das forças de segurança, a partir das fronteiras brasileiras. Importante destacar que este trabalho não visa ao rigor acadêmico, por não utilizar metodologias inerentes à pesquisa científica, o que não invalida, entretanto, a pertinência informativa. Ademais, foi realizado com base em levantamento da cadeia produtiva do segmento, desde o fabricante até o produtor rural. Trata-se, então, de estudo de elementos empíricos, motivado pelo propósito de traçar o cenário da entrada ilegal de defensivos agrícolas no país, conforme estabelecido nos objetivos do trabalho

Clique aqui para baixar o estudo aqui

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome